Estar com as unhas bonitas e decoradas não é a mesma coisa de estar com as unhas saudáveis. Ás vezes, focamos tanto no resultado que até esquecemos de estar atentos para a saúde da unha. Esse ponto é muito importante e pode evitar problemas de unha quebradiça, amarela e até com fungos.

1. Remover todo o esmalte anterior

Esse cuidado pode parecer o mais simples, mas muita gente não presta atenção. A limpeza da unha é essencial, até para garantir um bom resultado na decoração.

Então, antes de escolher e pintas as suas unhas decoradascertifique-se de que não há vestígio de esmalte velho e a hidratação da sua unha esteja em dias.

2. Usar produtos antibacterianos

Esse cuidado é muito importante, principalmente para quem costuma usar unhas de gelAs mãos são as partes do corpo que mais entram em contato com germes e bactérias, portanto é preciso estar atento.

Você pode encontrar uma grande variedade de produtos antibacterianos, que vão desde um sabonete líquido até o próprio esmalte. Esse cuidado pode evitar que a sua unha desenvolva fungos.

3. Deixar a unha respirar

Claro que todos nós queremos estar com as unhas lindas, bem pintadas e modernas, mas também é preciso entender que o esmalte em si contém diversas substâncias.

A longo prazo, essas substâncias podem ser prejudiciais e por isso, o ideal é fazer uma pausa de alguns dias periodicamente entre um esmalte e outro.

4. Passar base embaixo do esmalte

Você sabia que a unha é porosa? Isso quer dizer que e repleta por buraquinhos que podem absorver a pigmentação do esmalte e acabar criando manchas.

Você pode evitar essa situação, apenas passando uma base incolor antes de pintar de corar a sua unha. E o melhor e que você pode optar por base fortalecedora ou hidratante.

5. Usar pouca acetona

Se tem uma coisa que você deve saber é medir a quantidade de acetona que será usada para remover o seu esmalte, isto porque a acetona também é capaz de retirar o esmalte natural da sua unha.

Na verdade,  ideal é que você possa optar por removedores de esmalte que não contém a substância. Assim, você garante a segurança das suas unhas.

6. Hidratar as unhas

Por último, mas não menos importantes, trate de garantir a hidratação da sua unha! Você nem precisa fazer isso com tanta frequência assim.

Basta você aplicar vez por outra um hidratante especifico para a área. Você pode aplicar sem esmalte, antes de aplicar o esmalte pigmentado ou até depois.

Está pensando em comprar a sua casa própria? Esse é um passo que exige muito cuidado, pois estará envolvendo taxas de um financiamento a longo prazo. Para ajudar você a saber se deve ou não dar esse passo, vamos apresentar algumas vantagens e desvantagens ao comprar um imóvel.

Vantagens

Programas de financiamento

Uma grande vantagem para quem vai comprar uma casa é a grande possibilidade de programas de financiamento no mercado, como por exemplo o Minha Casa Minha Vida 2020.

Esse programa promove condições especiais para ajudar famílias de baixa renda a comprarem a sua casa própria. Os interessados deve participar das inscrições Minha Casa Minha Vida e conferir as ofertas disponíveis.

Aquisição de Patrimônio

Um outro aspecto que é muito importante, principalmente para quem está constituindo família, é a aquisição e construção de um patrimônio.

Você estará adquirindo um imóvel para a vida, que poderá gerar lucro através de locação caso você queira se mudar em algum momento.

Independência

Esta vantagem é provavelmente uma das mais interessantes para quem planeja financiar um imóvel. Como a casa será a sua, você não precisará restar contas a um senhorio.

Assim como também terá total liberdade de modificar a sua casa, desde as cores da parede até a obras mais elaboradas que sejam necessárias.

Estabilidade

Como você estará no seu próprio imóvel, não haverá um contrato de locação. Isto quer dizer que você poderá estar seguro na sua casa, sem depender de um senhorio.

Morando no que é seu, além de poder investir no seu imóvel, você poderá fazer investimentos a longo prazo.

Desvantagens

Desvalorização do imóvel

Adquirir patrimônio é uma ótima forma de investir o seu dinheiro, mas também apesenta algumas desvantagens que devem ser levadas em consideração.

A desvalorização do imóvel é uma delas. Com o tempo, o mercado imobiliário pode sofrer altas e baixas, e isso acaba fazendo com que algumas casas fiquem desvalorizadas.

Financiamento a longo prazo

Além da desvalorização do imóvel, a possibilidade de financiamento implica algumas taxas bem altas. Vale mencionar que quem vai financiar, estará adquirindo uma dúvida a longo prazo.

É claro que o financiamento também trará alguns benefícios quando você terminar de cumprir comas prestações, entretanto, sem planejamento financeiro a probabilidade de acabar endividado é grande.

Gastos com obras

Na maioria das vezes, os imóveis não estão totalmente prontos para morar, também pode ser que falte um detalhe ou outro. Como você é o proprietário e o morador, as possíveis obras serão de sua responsabilidade.

Isto quer dizer que além das taxas de aquisição e financiamento da casa, você terá de desembolsar o dinheiro do acabamento do seu lar.

Quem acha que para estar na moda é preciso usar roupas extravagantes e apostar em decotes está completamente enganado.Moda não tem nada a ver com esse assunto e você ficar bem estilosa mesmo com um look mas comportado.

Para ajudar você a montar looks incríveis sem gastar muito e mantendo uma imagem mais sério, vamos apresentar algumas dicas que podem te ajudar muito no dia a dia. Veja a seguir:

Aposte nas camisas de botão

A camisa de botão entrou em alta há algum tempo e é uma das tendências que se matem entre os melhores looks 2020. Abotoada até a gola ou não, esta peça pode mudar totalmente o seu visual.

Uma boa opção para utilizar essa camisa é por baixo de uma calça cintura alta ou de uma saia longa. Sem contar que a possibilidade de acessórios é muito grande para este look básico.

Use o vestido como base

Se tem uma peça que imprime seriedade e elegância, esta pela é o vestido. Existe uma grande variedade de modelo disponíveis para você escolher: seja de manga curta ou de alças.

Se for escolher um vestido mais soltinho, a dica é agregar com um casaquinho ou uma jaqueta. Quem vai optar por um vestidos de festa 2020pode acrescentar com um salto de bico. E aqui vai uma opção de look que está sendo bastante utilizada: o vestido por cima da camisa de botão!

Sapato fechado

Um par de sapatos pode mudar completamente a intenção de um visual. Se você quer equilibrar o seu look, mesmo que esteja um pouco mais a vontade em cima, a dica é optar por sapatos fechados.

Muitos looks evangélicos podem ser montados com a opção de sapato fechado e você pode usá-los em diversas ocasiões. Esta é uma peça muito legal para quem gosta de um look mais formal.

Saia jeans

A saia jeans é uma peça muito interessante, mas você precisa ter cuidado na hora de usar para não mudar a intenção do seu look. Geralmente, a saia jeans deixa o seu visual romântico, isto quando ela se aproxima da altura dos joelhos.

Por isso, foque no cumprimento e busque aqueles modelos que encaixem melhor em você. A saia jeans reta tem sido muito usada por quem gosta de estar por dentro do mundo da moda.

Cores neutras

Além das peças em geral, é importante que você saiba utilizar as cores e estampas que já tem. Combinar este aspecto é essencial para demonstrar seriedade.

Os tons pastéis são tendência para este ano e estão por toda parte. Você pode combinar várias cores, mas mantendo o padrão de tom do seu look!

Se você está sempre por dentro do assunto saúde, não pode deixar de conferir a importância de alguns alimentos para a nossa vida. O alho, por exemplo, é um complemento essencial que pode fazer toda a diferença para você. Você sabe como o alho pode te beneficiar? Leia o texto a seguir e entenda todos os benefícios trazidos pelo alho para a sua saúde:

Auxilia no sistema imunológico

O alho é um alimento simples e bem interessante. Por seu tamanho, não se pode imaginar a quantidade de benefícios que ele pode trazer para a nossa vida. Um destes benefícios é que o alho auxilia a melhorar o seu sistema imunológico.

Isto é, se você inclui o alho na sua diet  semanal, dificilmente ficará sujeito a gripes e resfriados. Ele também é muito utilizado na cura dos sintomas destas doenças, principalmente na forma de chá.

Fortalece unhas e cabelos

O alho é composto por diversas vitaminas fundamentais para o nosso organismo e isto interfere diretamente no crescimento e fortalecimento das unhas e cabelos.

Portanto, se você está sofrendo com unhas fracas e amarelas, inclua o alho na sua dieta! Assim, você pode seguir as tendências das unhas decoradas 2019 e ainda ter unhas saudáveis.

Possui poucas calorias

Além de possuir diversas vitaminas e enzimas benéficas para a saúde, o alho possui poucas calorias e até ajuda na sua digestão. Então quem está de dieta, pode fazer o consumo deste alimento.

Vale mencionar também que o o alho é uma ótima forma de temperar os alimentos e pode estar presente em muitas receitas diferente, ou seja, é difícil enjoar dele.

Ajuda na desintoxicação do corpo

Pesquisas indicaram que o alho possui ativos que auxiliam na desintoxicação do corpo, seja por alimentação ou até bebida alcoólica. Este processo é muito importante para a saúde do seu corpo.

E você também pode começar a ingerir o alho antes de eventos em que irá comer ou beber de mais, já deixando o seu organismo protegido. O processo pode funcionar para diversos fatores de desintoxicação.

Pode reduzir a pressão arterial

As doenças cardiovasculares e problemas semelhantes atingem uma grande parte da população mundial. Este problema é difícil de ser solucionado, mas com uma atitude simples, como por exemplo incluir o alho na sua dieta, pode melhor o quadro.

Pesquisas mostraram que o alho é capaz de reduzir de forma significativa a pressão arterial, ou seja, pode até te ajudar a viver mais e com saúde!

Seja por condições de trabalho, insatisfação salarial, qualidade de vida ou qualquer outro motivo, mudar de emprego é uma grande decisão. Se você está pensando nesta possibilidade, é importante ressaltar alguns pontos para os quais você deve estar atento. Leia o texto a seguir e fique por dentro de tudo que você precisa saber sobre o assunto.

Mercado de Trabalho

A primeira coisa para qual você deve estar atento é o mercado de trabalho. Como você já deve saber o mercado pode ter altos e baixos durante o ano, portanto, o ideal é que você troque de emprego em um momento de alta demanda.

Assim, você terá mais chances de permanecer empregado e ter seu currículo valorizado. Verifique as possibilidades para a sua área na região em que reside. O mais indicado é pesquisar bastante antes de tomar uma decisão!

Seguro Desemprego

Outro ponto muito importante é o seguro desemprego. Este recurso fica disponível para o trabalhador brasileiro que é dispensado de suas funções sem apresentação de justa causa. O benefício proporciona o pagamento de 3 a 5 parcelas do seguro desemprego, dependendo do tempo de serviço prestado.

Quando pede demissão, de acordo com o seguro desemprego 2019, o funcionário perde o direito ao valor e o acesso ao FGTS quando se demite. Alguns funcionários conseguem manter os direitos fazendo acordos com a empresa, então esteja aberto a esta possibilidade e consulte o seu empregador.

Segurança Financeira

Trocar de emprego ou se demitir sem um planejamento financeiro pode se tornar um problema. O ideal é que você esteja a par do mercado e possa prever os seus gastos. O mais recomendado é levar tudo para o papel e manter suas dividas no controle.

Se não estiver com uma vaga em vista, você pode utilizar aplicativos de celular para cadastrar o sue currículo online e receber as ofertas de emprego mais condizentes com o seu perfil. Muitos destes serviços são gratuitos, basta fazer o download no seu celular!

Histórico

O seu histórico de serviço será muito importante para a sua vida profissional, por isso, é bom estar atento a quantidade de tempo de serviço em cada empresa. Ter poucos meses de trabalho de emprego pode passar uma impressão errada.

Algumas empresas costumam se comunicar ou pedir uma carta de recomendação da empresa antiga, então, saia da empresa de maneira amistosa. A sua presença na empresa será o seu cartão de visita, então deixe sempre uma boa impressão.

A categoria de trabalhadores autônomos cresceu muito no mercado. Este funcionário é independente e está livre de diversas taxas, ms em contrapartida, fica descoberto das leis trabalhistas que são tão importantes.

Para que estes trabalhadores passassem a ter alguns destes direitos, foi padronizado a existência do MEI. Você sabe o que precisa para se tornar um trabalhador nesta modalidade? Saiba mais a seguir:

O que é o MEI?

O MEI é a sigla para Microempreendedor  e é uma forma simples se formalizar como trabalhador. Por conta própria, o cidadão não pode receber benefícios importantes como a aposentadoria.

A categoria do MEI proporciona a emissão de uma guia de pagamento representando a contribuição do trabalhador com a Previdência Social.

O valor a ser pago depende diretamente da base de remuneração do MEI, você pode conferir os valores de contribuição e outras informações diretamente na tabela INSS.

Quem pode se tornar um MEI?

Nem todos os trabalhadores autônomos podem se tornar um MEI. Quem não cumpre os requisitos pode contribuir junto à Previdência Social através do INSS autônomo. São requisitos:

  • Não ter vínculo como sócio, titular ou administrador com outro negócio;
  • Pode ter oficialmente até um empregado;
  • Exercer as categorias de negócio permitidas pelo MEI.

O que o MEI tem direito?

Com o pagamento mensal da taxa de contribuição única do MEI, ele passa a ter direito muito importante como o auxílio maternidade, auxílio doença e aposentadoria.

Se o MEI possuir um funcionário devidamente contratado, este também terá direito aos mesmo benefícios, inclusive o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

De acordo com as regras de recebimento de benefícios como o PIS, o MEI não terá direito a receber este valor. Para mais informações confira o calendário PIS 2019 e fique por dentro do assunto!

Em relação aos benefícios no trabalho, o microempreendedor terá direito a emissão de nota fiscal e facilidade na hora de abrir uma conta bancária ou solicitar crédito no banco.

Como se inscrever?

Você pode se inscrever no MEI de forma simples através do site oficial no Microempreendedor Individual. Será preciso informar todos os seus dados corretamente antes se formalizar.

Se todas as informações conferirem você poderá ter seu cadastro aprovado e utilizar todos os benefícios do MEI para melhorar o seu negócio e garantir maior conforto para os seus serviços. Confira no site todo o processo e siga os passos corretamente para se tornar um microempreendedor em poucos passos!

O PIS é um direito muito importante que fica disponível para os trabalhadores que exercem um cargo através da carteira de trabalho assinada. Este recurso é muito necessário, pois ele irá permitir o pagamento do abono salarial. Mas não é todo trabalhador que pode acessar o benefício. Se você quer saber se pode sacar o PIS, confira a seguir quais os trabalhadores que tem direito a recebê-lo:

O que é o PIS?

A sigla do PIS corresponde ao Programa de Interação Social e é responsável por diversos benefícios, como o abono salarial. O valor do abono pode fazer muita diferença para o trabalhador.

Vale lembrar que o PIS é um recurso direcionado somente para funcionários do setor privado. Para os funcionários públicos, este direito se chama PASEP.

Este benefício para a rede privada é gerido pela Caixa Econômica Federal, enquanto para a rede privada a responsabilidade é do Banco do Brasil.

Qual o valor do PIS?

O valor do PIS irá depender diretamente do seu tempo de serviço, ou seja, será diferente para cada trabalhador. A cifra total pode variar entre R$ 80 e R$ 954.

O máximo a receber é equivalente a um salário mínimo vigente. Isto quer dizer que o valor máximo pode mudar de um ano para outro, caso haja um aumento do salário mínimo 2019.

Quem pode receber?

Como você já deve saber, nem todos os trabalhadores têm direito a sacar o valor. De acordo com as regras do benefício, tem direito ao PIS quem:

  • Estiver devidamente cadastro pelo empregador e com os dados informados corretamente no RAIS;
  • Ter registo no PIS há pelo menos cinco anos;
  • Ter exercido pelo menos 30 dias de serviço, corridos ou não, remunerado com carteira de trabalho registrado;
  • Receber no máximo até dois salário mínimos vigentes.

Quem tem direito a receber o PIS, precisa ficar atento ao calendário PISO abono é pago em sete lotes e é importante acompanhar os pagamentos para saber quando você poderá realizar o seu saque.

Como sacar o PIS?

Como foi mencionado, o pagamento do PIS é realizado em lotes e para poder realizar o saque do valor é necessário saber em qual lote você estará inserido.

Quando o pagamento for liberado, você pode receber direto na sua cona da Caixa Econômica Federal ou pelo Banco do Brasil para quem irá receber o PASEP. Quem já possui o cartão cidadão pode efetuar o saque através dele, sem maiores dificuldades.

O programa Minha casa, minha vida auxilou muitas pessoas com a sua inciativa de subsidiar parcelas de imóveis para as famílias que queriam adquirir um imóvel. Mas assim como qualquer programa, ele tem seus pontos fortes e seus pontos fracos. Mas afinal, a inciativa deu certo ou não? Leia mais e entenda.

O Programa

O minha casa minha vida é um programa de habitação popular criado pelo Governo Federal que objetiva auxiliar as famílias a saírem do aluguel e adquirir um imóvel.

A iniciativa é muito popular, principalmente por ter uma das melhores taxas de financiamento do mercado e é dividido em quatro categorias. Não é todo mundo que pode participar do programa , por isso, as categorias, também chamadas de faixas, do Minha casa, minha vida foram criadas.

A faixa 1 é destinada às famílias que têm renda bruta de até R$ 1,800. Para quem tem renda mensal de até R$ 2.600, a faixa é a 1,5. Quem tem remuneração mensal de até R$ 4,000, pertence à faixa 2. Já a faixa 3 é pra quem recebe até R$ 9,000.

Existem muitas inciativas que visam dar suporte às famílias brasileiras. Além do Minha casa, minha vida, você também pode participar do programa de transferência de renda Bolsa Família. Quem ainda não participa, deve conferir as informações do bolsa familia 2019.

Pontos Fracos e Pontos Fortes

O Minha casa, minha vida é, sem dúvidas, o maior programa habitacional do Brasil. Um projeto tão grande não poderia dispor só de vantagens e desvantagens. Veja a seguir pontos fracos e pontos fortes:

O primeiro ponto a se mencionar é o abatimento do deficit habitacional. Com o subsídio do programa, mais de 2 milhões de residências foram entregues à famílias de todo o Brasil.

Mas em contrapartida, estudos têm apontado que a oferta da inciativa não supre a demanda de residência. Além disto, não atinge totalmente a população mais carente, seja pela falta de construções ou pelo valor das parcelas.

A faixa 1 de financiamento oferece um subsídio excelente para que as famílias possam conseguir comprar seu imóvel, cobrindo até 90% do valor dele e sem a cobrança de juros. As outras faixas também apresentam negociações muito viáveis.

Em contrapartida, muitas vezes as localizações destas moradias são em lugares distantes, periféricos ou de difícil acesso. Por isso, nem todo mundo considera o Minha casa minha vida como a melhor opção.

É impossível negar que o programa mudou a vida de muitas famílias e representou muitas melhorias para o país. Entretanto, a sua oferta e padronização de construção ainda não suprem todas as necessidades existentes.

O curso de Medicina é um dos mais concorridos do país, isto porque é uma área que permite várias atuações diferentes no mercado de trabalho e proporciona uma alta remuneração para quem segue a carreira.

Mas para quem quer seguir este curso, deve estar preparado para alcançar uma alta pontuação no Exame Nacional do Ensino Médio a fim de ingressar em universidades de qualidade através do Prouni e do Sisu.

Para quem quer seguir este ramo, vale a pena conferir 5 dicas para quem quer cursar medicina:

Se você está planejando cursar medicina e concorrer a bolsas de estudo através de programas como o Prouni e o Sisu, é preciso antes realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para os alunos que pretendem ingressar na universidade em breve, é preciso conferir o Enem inscrições 2019.

Depois de realizar a inscrição, você deve estar pronto para assegurar a sua vaga! Confira as dicas:

Estude antes

Quanto antes você começar a estudar, mais assuntos vai poder visualizar e mais estará preparado. Como mencionamos, Medicina é um curso muito concorrido e não é possível ingressar sem preparação e muito estudo. Portanto, não espere o exame estar próximo para começar a estudar.

Tenha foco em Matemática e Ciências da Natureza

Cada curso tem as matérias que pesam mais na hora de contar a pontuação do Enem. Para o curso de Medicina, a dica é focar em Matemática e Ciências da Natureza. Obviamente, será preciso se sair bem no contexto geral, mas é importante que você esteja dominando as matérias mencionadas.

Participe do Enem como treineiro

Muitos estudantes que querem ingressar em Medicina, realizam o Enem por mais de duas vezes. Então uma boa dica é participar do exame como treineiro do Ensino Médio. É bom estar familiarizado com o tipo de prova e com o funcionamento da mesma, assim você irá garantir uma chance maior para a sua vaga.

Treine a redação

A redação representa um peso muito importante para a pontuação geral do Enem. Portanto, prepare-se! Leia bastante e garanta que você esteja por dentro dos assuntos mais falados na atualidade.

Realize exames anteriores

Realizar versões anteriores do exame também garante a familiarização com o mesmo e faz com que você aprenda a otimizar o seu tempo, sabendo estabelecer bem quantos minutos deve levar em cada questão. Se não estiver estudando em um curso pré-vestibular, que geralmente realiza este tipo de exame, você pode encontrar as versões anteriores na internet.

Se você está pensando em ter uma vida tranquila quando se aposentar é preciso que você saiba das condições para que isso aconteça. A aposentadoria é sempre tema de muitas dúvidas, como por exemplo, quando será possível tirar o merecido descanso e quanto irá receber.

Hoje, existem quatro tipos de aposentadoria: por idade, tempo de contribuição, invalidez e especial. Os principais fatores para saber quando e quanto vai receber da aposentadoria são a idade e o tempo de contribuição do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). No entanto, existem regras para ter direito a esse benefício.

Como funciona?

De uma forma geral, as mulheres precisam de 30 anos de contribuição do INSS, já os homens precisam de 35 anos. Dessa forma, ambos podem conseguir a aposentadoria por idade quando chegarem aos 65 anos (homens) e aos 60 (mulheres). É importante ressaltar que nesse caso é preciso 180 meses efetivamente trabalhados, para efeito de carência.

Porém, a Previdência Social criou uma nova regra para calcular a aposentadoria chamada Regra 85/95 progressiva. Nesse caso, o fator previdenciário não afeta o valor da aposentadoria.

Essa regra é uma alternativa, mas não substitui as regras que já valiam antes. Nela, 85 (mulheres) e 95 (homens) são a soma da idade do cidadão e do tempo de contribuição dele para o INSS.  Também é necessário ter trabalhado efetivamente 180 meses, para efeito de carência.

Qual é a melhor?

Quando se trata de aposentadoria não tem como definir qual a melhor, pois tudo depende do sexo do contribuinte, a idade, o tempo de contribuição e a condição do trabalho que ele faz (se é de risco ou não).

A partir dessas características é que é estabelecido quando a pessoa pode se aposentar e quanto vai receber. Como está pré-estabelecido por lei, a aposentadoria deve sempre ser a mais vantajosa para o cidadão, ou seja, que o valor recebido seja o maior no momento em que der entrada na aposentadoria.

Como dar entrada?

Para dar entrada na aposentadoria é preciso saber se está tudo certo com o seu Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) pois é lá que estão todos os dados dos trabalhadores que contribuem para a Previdência.

Em seguida é só agendar um atendimento em um dos postos da Previdência Social e levar os seguintes documentos:

  • NIT, o Número de Identificação do Trabalhador (PIS/PASEP/NIS);
  • Documento de identificação original com foto;
  • CPF;
  • Carteiras de trabalho, carnês de contribuição e outros documentos que comprovem pagamento de acordo com a tabela de contribuição do INSS, caso haja inconsistências com os dados do CNIS;
  • Comprovante de residência (conta de luz, água ou telefone).